segunda-feira, 15 de junho de 2015

Memórias Póstumas de Brás Cubas


O SENÃO DO LIVRO

«(...) o maior defeito deste livro és tu, leitor. Tu tens pressa de envelhecer, e o livro anda devagar; tu amas a narração direita e nutrida, o estilo regular e fluente, e este livro e o meu estilo são como os ébrios, guinam à direita e à esquerda, andam e param, resmungam, urram, gargalham, ameaçam o céu, escorregam e caem...»

Machado de Assis


Sem comentários:

Enviar um comentário